Início » Clínica de Recuperação em Itanhaém

Clínica de Recuperação em Itanhaém

Clínica de Recuperação em Itanhaém Feminina

Aqui você encontra tratamentos contra a dependência química em qualquer região ou território nacional.

Disponibilizamos agora para você um conteúdo exclusivo sobre a Clínica de Recuperação em Itanhaém.

Quer saber tudo sobre está unidade, leia o texto até o final.

Lembrando que qualquer dúvida, fale com um de nossos especialistas de plantão.

Como chegar na Clínica em para dependentes químicos em Itanhaém

Vale lembrar que você saiba sua localização de partida, para afim de segurança no trajeto, evitando se perder pelo caminho.

Depois estude o trajeto e percorra com segurança.

Dependendo do seu ponto de partida, tem diversos caminhos para chegar até Itanhaém – Litoral Sul de SP.

Mais como dito acima, irei lhe passar algumas das rodovias de acesso.

Rod. Governador Mario Cova, Avenida Expressa Sul e Avenida Padre Manoel da Nóbrega, principais rodovias que lhe darão acesso a cidade.

Não esqueça, de quando estiver a caminho, manter o contato com o especialista que começou seu atendimento.

Como funciona a Internação Involuntária em São Paulo

Quando falamos em internação involuntária logo nos vem a cabeça a internação realizada contra vontade, o que de fato é verdade.

Uma internação involuntária consiste em ser uma alternativa para pacientes que se encontra em um quadro elevado na dependência da qual não possui capacidade em decidir ir ou não para uma internação.

Embora esse procedimento seja feito contra a vontade do paciente existe diversas regrinhas para serem compridas. Por exemplo:

Você sabia que uma internação involuntária pode ser solicitada por qualquer membro da família, ou profissionais da saúde?

Você sabia que para a internação acontecer o paciente precisa ser avaliado por um medico antes, e ele fara o pedido dessa internação?

Além disso, sabia que o tempo máximo para esse tipo de tratamento é de 90 dias permitidos por lei.

Isso mesmo, permitidos por lei, a lei que permite a internação involuntária foi aprovada em 5 de junho de 2019, e é vista como uma grande evolução por profissionais da área da dependência química.

Inicialmente, a lei foi aprovada como meio de intervenção e como auxilio de desintoxicação de pacientes e assim deixam a eles que decidam o caminho que desejam seguir.

Entretanto, sabemos que na realidade a coisa não funciona assim, mais entendemos que o paciente precisa escolher por conta própria o que fazer de sua vida diante da sua doença.

Conhecendo essa doença e estudando bastante sobre ela, a cada dia acreditamos mais na internação involuntária.

Isso porque é o primeiro passo para que o paciente entenda esta doença e que ele precisa de um período para se cuidar e resgatar o valor da vida.

Mais fotos da Unidade em Itanhaém